Pular para o conteúdo

Game of Thrones – 7º Temporada chega ao fim

E ontem, dia 27 de agosto, a HBO exibiu o último episódio da 7º temporada de Game of Thrones. Se você está vivendo nos últimos 7 anos em uma caverna, ou estava em coma, e não sabe do que estou falando, então vai aqui uma pequena explicação. A série produzida pela HBO é a adaptação televisiva da série de livros Cronicas de Gelo e Fogo escrito pelo americano George R. R. Martin. A saga segue as ambições, batalhas e traições das famílias nobres de um continente fictício chamado Westeros. Vale a leitura. Mas, o resto deste texto é para quem acompanha a saga e assistiu ao episódio de ontem.

A sétima temporada foi muito curta, se comparada com as outras. Ao contrário dos 12 episódios tradicionais, tivemos apenas 7. A explicação apresentada para isso é por conta do alto custo de produção por episódio. Porém, a meu ver, não dá mais para enrolar a história. O planejamento inicial é que cada temporada focasse em um dos livros da saga. Tanto que a série leva o nome do primeiro volume (depois de Guerra dos Tronos tivemos Fúria dos Reis, A Tormenta de Espadas, O Festim dos Corvos e A Dança dos Dragões). Porém, o que todos temiam aconteceu. A série se desenvolveu mais rápido do que a capacidade do autor em concluir a saga de livros. O próximo volume, Ventos do Inverno, já foi adiado várias vezes e não tem previsão de ser lançado.

Por isso, os produtores tiveram que avançar a história e partir para sua conclusão sem ter a história dos livros como base. Esse sétima temporada tem como função realmente dar uma finalização. Todas as intrigas políticas ainda continuam, mas o foco é na ação. Os diferente núcleos se encontraram e, até certo ponto, convergiram para a grande batalha contra o Rei da Noite e seu exército. Grandes mistérios (que se iniciaram nos livros) foram revelados e tudo caminha para o descobrimento do verdadeiro herdeiro do trono. E pelo menos dois personagens odiados tiveram a devida justiça.

Porém, a impressão que fica é que tudo aconteceu muito rápido. Daenerys levou seis temporadas para finalmente voltar para casa e parece que quer resolver tudo em apenas 7 episódios. Porém, a série continua cativante. Foi uma longa tradição cativando um público gigantesco e isso não de desfaz de uma hora para outra. Muita gente reclamou que o roteiro dessa temporada está muito enxuto, muito simples, mas voltamos à necessidade de conclusão da história. Uma hora isso precisa terminar. Do ponto de vista da diversão tudo continua no lugar. Em pelo menos 3 episódios o seu coração vai parar no final. Tudo o que os verdadeiros fãs querem ver.

O ponto negativo, a meu ver, é que a série está dando algumas conclusões que todos os fãs dos livros gostariam de ver. Como a identidade verdadeira de Jon Snow. Isso é negativo pelo fato de sabermos que  George R. R. Martin é uma pessoa muito difícil de lidar e que, provavelmente, ele não vai dar aos livros o mesmo final que a série, mudando consideravelmente o destino dos personagens. Esperemos ter então duas épicas conclusões, uma na TV e uma nos livros.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *